MPF

 
 

MPF denuncia 16 envolvidos em tráfico internacional de armas

Investigação iniciada a partir da apreensão no Galeão em junho revelou como fuzis e munições entravam no Brasil para suprir facções criminosas no Rio de Janeiro O Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro (RJ) denunciou 16 pessoas envolvidas em tráfico internacional de armas. Ao longo de três anos, entre 2014 e 2017, os acusados importaram 75 vezes armamentos em desacordo com as exigências legais. Nas declarações de importação, constavam aquecedores e bombas d’água, mas, na verdade, aqui chegavam meras carcaças dos produtos declarados, em cujo interior eram escondidosLeia mais


Ministério Público Federal articula combate a doações ilegais nas eleições do ano passado

Nota técnica orienta atuação de promotores eleitorais no Estado A Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro (PRE/RJ) enviou uma nota técnica aos promotores eleitorais com seu posicionamento e orientações de atuação em casos de doações ilegais nas eleições municipais do ano passado. Até o fim deste mês, a Receita Federal encaminhará seus cruzamentos das doações às campanhas eleitorais com os rendimentos declarados pelas pessoas físicas. Em casos de doações acima do limite legal (10% do rendimento bruto, no ano anterior ao da eleição), o promotor eleitoral poderá requerer aLeia mais


PF prende 17 e evita fraudes no saque do FGTS

A Polícia Federal, com apoio da Caixa Econômica Federal (CEF), deflagrou hoje (08/07) a Operação Pescaria* com o objetivo de efetuar a prisão em flagrante de pessoas que realizavam o saque de contas inativas do FGTS mediante fraude. Aproximadamente 160 policiais federais atuaram no dia de hoje para identificar e prender os fraudadores e, até o momento, 17 pessoas foram presas. As investigações da PF, que tiveram a participação da Gerência de Segurança da CEF, indicam que os criminosos se dirigiam diretamente aos caixas de autoatendimento e confirmavam os dadosLeia mais


MPF investiga operação da Polícia Civil que apreendeu armamento bélico no Galeão

Operação que interceptou 60 armas de guerra, entre elas 45 AK47, 14 AR10 e 1 G3, não teve participação da Policia Federal O Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro (RJ) instaurou procedimento investigatório criminal para apurar eventual conduta irregular, consistindo em possível ilegalidade na atuação da Polícia Civil (PC), na apreensão de carga ilegal no terminal de cargas do Aeroporto Internacional Tom Jobim, área sob controle da Polícia Federal. Na semana passada, 1 de junho, em operação da Polícia Civil, foram apreendidas 60 armas de guerra mais diversasLeia mais


Operação da PF desarticula quadrilha que fraudava seguro-desemprego

Uma organização criminosa que fraudava benefícios previdenciários e do seguro-desemprego, na Bahia, foi desarticulada nesta quarta pela Polícia Federal, durante a Operação Melaço. Policiais federais e servidores da Previdências Social e do Ministério do Trabalho foram às cidades baianas de Ipiaú, Ibirataia, Valença, Prado, Porto Seguro, Itamarajú e Santa Cruz Cabrália, para cumprir 31 mandados, sendo 13 de prisão preventiva e 18 de busca e apreensão. As investigações da PF apontaram que o grupo tinha ajuda de técnicos em contabilidade, aliciadores e atendentes do Sistema de Empregos da Bahia (Sine/BA),Leia mais


Treze médicos do INSS do Noroeste Fluminense devem ser condenados por fraudes

O Ministério Público Federal (MPF) quer a condenação de 13 médicos réus da Operação Epidemia, que investigou a concessão de benefícios previdenciários indevidos na agência do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) em Bom Jesus de Itabapoana (RJ). Os peritos são acusados de improbidade administrativa por autorizar a aposentadoria de contribuintes que ainda tinham capacidade de trabalho ou com doença preexistente, após período mínimo de contribuição. O MPF pede a perda do cargo dos réus e o ressarcimento aos cofres públicos. A 1ª Vara Federal de Itaperuna havia absolvido osLeia mais


Justiça: MPE ajuíza ação para investigar desvios do Cheque Cidadão por troca de votos em Campos

A Promotoria de Justiça junto à 76ª Zona Eleitoral ajuizou ação de investigação judicial eleitoral (AIJE) para apurar possível abuso de poder político e econômico decorrente de um grande esquema organizado pelos atuais gestores públicos de Campos dos Goytacazes, incluindo a prefeita Rosinha Garotinho, para a obtenção de votos em favor de candidatos por eles apoiados. Em troca, por meio de cabos/apoiadores eleitorais a eles ligados, são oferecidas inscrições fraudulentas no programa social Cheque Cidadão, cujo crédito mensal é de R$ 200 por beneficiário. O MPE requer a declaração deLeia mais


MPF: Procuradoria funcionará em regime de plantão durante as Olimpíadas

No período de 5 a 22 de agosto, a Procuradoria da República no Estado do Rio de Janeiro (PR/RJ) adotará, nos dias úteis, regime de escala especial de serviço, em virtude da realização dos Jogos Olímpicos de 2016 na cidade. O horário de funcionamento da PR/RJ será de 11h às 18h.


MPF pede reforço de segurança das Forças Armadas durante as eleições

Diante das suspeitas de homicídio de dez pré-candidatos na Baixada Fluminense e da crescente influência de milícias em comunidades do estado, a Procuradoria Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (PRE/RJ) quer a permanência das Forças Armadas na cidade para garantir a segurança de eleitores e candidatos durante as eleições deste ano. Em ofício, A PRE solicitou à Procuradoria-Geral da República que interceda perante o Ministério da Defesa para que as tropas permaneçam na cidade até 48 horas depois da votação. A PRE também requereu à Superintendência Regional da Polícia FederalLeia mais


Justiça revê decisão e detidos na Operação Saqueador continuação presos

A pedido do Ministério Público Federal (MPF), o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) reconsiderou a promoção das prisões preventivas de Carlos Augusto de Almeida Ramos (Carlinhos Cachoeira), Fernando Antonio Cavendish Soares, Adir Assad, Marcelo José Abud e Cláudio Dias Abreu ao regime domiciliar desde que usassem tornozeleiras eletrônicas. Com isso, volta a vigorar a decisão da 7ª Vara Federal Criminal/RJ, que era favorável ao regime fechado defendido pelo MPF em relação aos denunciados na Operação Saqueador. A decisão do desembargador presidente da 1ª Turma do Tribunal reviu ordemLeia mais


google-site-verification: google9c4ceff0824d7a11.html