Temporal alaga ruas, derruba árvores e destelha imóveis em Itaocara

Caeté foi a localidade mais afetada. Defesa Civil avalia os estragos no município.

O temporal foi rápido, durou cerca de quinze minutos, atingiu todo o município de Itaocara e aliviou os efeitos da estiagem, mas estragos causados pelos fortes ventos estão sendo contabilizados na noite desta terça-feira (10).

Na Sede, foram registrados pontos de alagamentos na Rua São José e na Rua Elias Gama, além de queda de árvores na saída para Jaguarembé e entrada do Caeté. O Corpo de Bombeiros do município recebeu diversos chamados para remoção de árvores na RJ-116.

 
 


Ocorreram ainda destelhamento de imóveis. No bairro Jardim da Aldeia, o telhado de uma casa foi arrancado pelo vento e atingiu a rede elétrica. Parte do bairro está sem energia. A Defesa Civil isolou a área e acionou a Enel, que enviou uma equipe para o local para realizar o reparo.

No Caeté, a Defesa Civil aguarda a desobstrução da estrada para avaliar os estragos. Há informação de imóveis destelhados. As coberturas do palco de shows e dos banheiros do Parque de Exposição da Capil foram destruídos. Os destroços foram arremessados pelo vento para o outro lado da rodovia. O Itaocara Campestre Clube divulgou uma nota aos associados sobre o fechamento do clube nesta quarta-feira (11) para trabalhos de manutenção, limpeza e desobstrução de vias de acesso.

No distrito de Jaguarembé leitores relataram que houve queda de granizo. Nos demais distritos, a chuva também chegou com força, porém sem relatos de danos. Ainda não há informação sobre desalojados ou desabrigados em consequência do temporal.

(*) Com informações da Folha Itaocarense






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *