Secretaria de Saúde de Itaperuna intensifica trabalho de combate ao Aedes Aegypti

Em Itaperuna, no noroeste Fluminense, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) através da Coordenação de Vigilância Ambiental em Saúde (CVAS), aumentou ações para o combate ao Aedes Aegypti com o intuito de eliminar possíveis focos de mosquitos, além da tentativa de controlar a proliferação de alados. A operação está sendo intensificada com veículos “fumacê” em áreas prioritárias e pontos estratégicos, de preferência onde acontece a desova das fêmeas dos mosquitos.

A Secretaria está priorizando não só as operações de campo, bem como as operações de bloqueio, além da realização de trabalhos preventivos e educativos.

Melhores informações sobre o mosquito transmissor da dengue, a doença, sintomas e outros, podem ser obtidas junto à Coordenação de Vigilância Ambiental em Saúde, através do telefone (22) 3824-5049.

 
 


A POPULAÇÃO PRECISA FAZER A SUA PARTE

A SMS alerta que a população precisa fazer a sua parte. É importante ressaltar que o agente ambiental em saúde segue protocolos regulamentados pelo Ministério da Saúde. Dentre as funções do agente, destaca-se o papel de educador, momento em que o profissional informa o cidadão como deve proceder, a fim de que a residência não se torne alvo do mosquito transmissor da dengue. Cada morador é responsável pela limpeza de sua residência! Portanto, é necessário que todos se conscientizem que a eliminação dos possíveis criadouros de foco, do mosquito transmissor da dengue, é também responsabilidade da população.


(*) Com informações e Fotos de Rádio Itaperuna Gospel FM






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *