Rio Pirapetinga sobe e deixa 1200 desalojados em Pádua


Rio Pirapetinga sobe e deixa 1200 desalojados em Pádua

Rio Pirapetinga sobe e deixa 1200 desalojados em Pádua

A chuva deu uma trégua, mas o nível dos rios continua preocupando moradores do Norte e do Noroeste Fluminense. A Defesa Civil segue em alerta. Em Campos e Santo Antônio de Pádua, muitas pessoas precisaram deixar mais uma vez as casas.

Em Santo Antônio de Pádua, o rio Pirapetinga chegou perto dos 6 metros e transbordou. A comunidade de Santa Luzia, na divisa com Minas Gerais, foi a mais atingida. Famílias foram retiradas das casas de barco. Uma ponte foi interditada por causa da cheia.

Moradores das comunidades de Ibitinela, Santa Luzia e São Pedro de Alcântara foram retirados de suas casas.

O rio Pomba, que também corta o município, voltou a subir e algumas ruas da cidade ficaram alagadas. Mais de 1200 pessoas estão desalojadas em Pádua.

Já em Campos, quem sofre com a enchente são os moradores da comunidade Ilha do Cunha. Esta é a terceira inundação em um mês. A cheia trouxe muito lixo ao local e também reclamações. 13 famílias foram retiradas do local e levadas para um colégio público de Campos.

(*) Com informações do in 360

Leia Mais Notícias Clicando Aqui









Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *