Projeto PAI que acredita na recuperação de um filho

Diante de um sistema prisional caótico, a Palavra de Deus a cada dia se mostra mais viva e eficaz. Atualmente o Brasil possui a terceira maior população carcerária do mundo, com 726 mil presos, e graças a pessoas que acreditam que a transformação é possível, o trabalho missionários nos presídios está avançando.

Assim como faz um PAI que acredita no potencial de seu filho, o missionário voluntário Mauro Monteiro que atua na capelania prisional junto de outros missionários na Casa de Custódia em São José dos Pinhais (PR) acreditou em Rafael Lima. O jovem encontrou a verdadeira liberdade em Cristo atrás das grades, mas mesmo assim se batizou, casou e ainda foi o agente transformador na vida de sua esposa, mostrando que vale a pena acreditar.

 
 


Pai que acolhe

Atualmente no Brasil, três em cada quatro moradores de rua são usuários de drogas. Eles dormem em calçadas, sem terem acesso ao básico da higiene e, em muitos casos, para comer e manter o vício precisam roubar e se prostituir.
O projeto Cristolândia vem com intuito de mudar essa triste realidade. Enquanto muitas pessoas têm medo até de passar perto, nossos missionários e voluntários, que atuam hoje em oito estados do Brasil, tem a função de acolher essas pessoas, assim como fazem os pais.

Instruídos pelo PAI da eternidade, eles caminham lado a lado e propagam esse acolhimento através do projeto Cristolândia, até que estas pessoas estejam prontas a fazer o mesmo por outras.

Durante esta semana, que antecede a comemoração do Dia dos Pais, Missões Nacionais te mostrará alguns resultados de sua PARCERIA em nossos projetos por todo Brasil. Agradecemos por você ser um #PaiParceiro, que ora, contribui e participa!

Seja também um #PaiParceiro! Apoie e veja a transformação de vidas em nosso país: https://www.atos6.com/missoesnacionais/projetos/pai-parceiro.






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *