Morre em Itaperuna, o jornalista miracemense, Renato Mercante

Morreu nesta quarta-feira (11) em Itaperuna, no Noroeste Fluminense, o Jornalista miracemense, José Renato Martins Mercante, filho de Rosário e da professora Irene Mercante. Ele estava internado no Hospital São José do Avaí, depois de ter sofrido um AVE. Mercante tinha passado por uma cirurgia e estava se recuperando, mas o quadro regrediu e ele não resistiu. Renato Mercante foi o primeiro jornalista e fundador da Rádio Princesinha do Norte, da sua cidade natal. Naquela emissora pode iniciar a carreira de vários jornalistas que hoje estão trabalhando em outros veículos de comunicação.

Além do rádio renato Mercante fundou em Miracema o Jornal O Tempo, que durante décadas foi um dos principais veículos de comunicação escrita da Região Noroeste.

 
 


Renato Mercante também foi correspondente de grandes veículos de comunicação como o Jornal do Brasil. No JB ele escrevia com maestria as notícias de sua terra e de todo o Noroeste Fluminense. Em Campos dos Goytacazes chegou a ser editor chefe da Folha da Manhã.

O jornalista foi assessor de imprensa de diversos órgãos públicos no Estado do Rio de Janeiro e em Minas Gerais. Em Itaperuna foi assessor de imprensa da Prefeitura, assim também em Araruama e na cidade de miracema ocupou o cargo de Diretor de Comunicação da Prefeitura.

O grande comunicador que marcou época em sua cidade deixa a esposa Cintia Lara, três filhas, genros e netos.

A família ainda não informou o horário de seu sepultamento que ocorrerá na cidade de Miracema.

(*) Com informações e foto de Marcos Vinício Dias Ribeiro – Rádio Itaperuna Gospel FM






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *