Ficha Limpa: TSE nega registro de candidatura para Lula para a presidência

A ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proferiu há pouco o último voto contra do pedido de registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República nas eleições de outubro. Com o voto da ministra, o placar da votação fechou em 6 votos a 1.

Votaram contra o registro o relator, Luís Roberto Barroso, e os ministros Jorge Mussi, Og Fernandes, Admar Gonzaga e Tarcísio Vieira. Todos entenderem que Lula está inelegível com base na Lei da Ficha Limpa, que impede a candidatura de condenados pela segunda instância da Justiça. Edson Fachin foi o único que se manifestou contra o pedido de registro.

 
 


Lula está preso desde 7 de abril na sede da Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, em função de sua condenação a 12 anos e um mês de prisão, na ação penal do caso do triplex em Guarujá (SP), sentença que foi confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, segunda instância da Justiça Federal.

(*) Com informações da Agência Brasil e Edição da Rádio Gospel FM de Itaperuna






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *