Ex-jogador da seleção, Roberto Carlos, é acionado na Justiça de Itaperuna por não pagar pensão de dois filhos

O ex-lateral esquerdo do Real Madrid e da Seleção Brasileira é acusado pela defesa da ex-companheira Barbara Thurler, com quem teve dois filhos. Pena prevê prisão em regime fechado

O ex-jogador do Real Madrid e da seleção brasileira, Roberto Carlos foi acionado na Justiça acusado de falta de pagamento de pensão alimentícia para os dois filhos que teve com a ex-companheira Barbara Thurler. A notícia foi publicada pelo jornalista Léo Dias, do jornal “O Dia”, e confirmada pelo GloboEsporte.com na noite desta quinta-feira com o advogado de defesa da mulher, Rodrigo Jorge. Ele informou que o processo existe, mas que corre em segredo de Justiça.

 
 


A ação foi movida no Fórum de Itaperuna, na Região Noroeste Fluminense do Rio de Janeiro, onde Bárbara Thurler e os dois filhos moram atualmente.

O GloboEsporte.com entrou em contato com a assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça (TJ) do estado, que informou apenas que “o processo está na Vara de Família, da Infância, da Juventude e do Idoso de Itaperuna e tramita em segredo de Justiça”.

De acordo com o Novo Código de Processo Civil, o devedor de pensão pode pegar até três meses de prisão em regime fechado.

(*) Com informações do GE

Compartilhe esta notícia com um amigo






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *