Ex-companheiro de Isabella Costa Melido nega ser autor da morte da jovem em Palma

Ele era procurado e se apresentou ao delegado acompanhado de um advogado

Um dos suspeitos da morte de Isabella Costa Melido, 32 anos, o ex-companheiro dela, se apresentou à delegacia na quarta-feira (09). A polícia informou o homem, que não teve a identidade revelada, foi até o departamento acompanhado de seu advogado. Aos investigadores da polícia mineira ele negou ser autor do morte da jovem.

O ex-companheiro de Isabella informou que no dia do crime, não teria sequer encontrado com a vítima. Mas desde que a moça foi assassinada ele estava desaparecido e era procurado como o principal suspeito.

Ele foi ouvido e depois liberado. A polícia daquela distrital segue ouvindo outras pessoas. Até o momento ninguém foi preso pelo crime.

 
 


Entenda o caso

A polícia mineira de Palma está investigando a morte da jovem Isabella Costa Melido, de 32 anos. O seu corpo foi encontrado às margens de uma estrada vicinal que liga aquele município ao Distrito de Córrego Alegre no dia 08. Isabela é filha de Dr. Evaldo Rui Nogueira Melido e da Secretária Municipal de Educação de Palma, Celma Medina Costa Melido.

O corpo de Isabella foi encontrado por uma pessoa que passava pelo local. A princípio preliminarmente aparentando ter sinais de estrangulamento, mas só a perícia poderá confirmar a verdadeira causa do assassinato.

(*) Com informações da Rádio Itaperuna Gospel FM

Compartilhe esta notícia com um amigo






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *