Décima sétima edição da Medalha Construtor do Desenvolvimento Regional na Firjan Norte Fluminense

Aconteceu na última quarta-feira (08/08), a entrega da 17ª edição da medalha “Construtor do Desenvolvimento Regional”, criada pela Firjan Norte Fluminense para reconhecer personalidades e empresários que contribuem para o desenvolvimento da região. Este ano, os homenageados foram os empresários Carlos Bacelar e Paulo Maranhão Aguiar.

A cada ano, membros do Conselho Regional do Norte Fluminense e da Comissão Municipal da Firjan em Macaé apresentam nomes de personalidades para serem candidatos a receber a Medalha. A Comissão do Mérito Industrial analisa os indicados e apresenta os escolhidos para serem condecorados.

Paulo Maranhão Aguiar é diretor administrativo da Campos Neon há mais de 50 anos. A empresa foi pioneira na cidade na fabricação de luminosos a gás neon fornecendo para empresas de todo país. Mais tarde, também foi a primeira indústria a usar fibras de vidro na fabricação de barcos e móveis. Paulo Maranhão Aguiar foi diretor da Fundação Rural de Campos e do Yatch Clube Lagoa de Cima.

 
 


Carlos Bacelar é diretor geral do Laboratório de Análises Clínica Plínio Bacelar, fundado em 1942. Faz parte da Sociedade Brasileira de Microbiologia, Sociedade Brasileira Para o Progresso da Ciência e da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas, além de professor. O Laboratório Plínio Bacelar é certificado internacionalmente e possui uma rede com 25 unidades em toda a região, além de gerar 130 empregos diretos e 100 indiretos.

Durante a cerimônia, também foram prestadas homenagens aos dois alunos da Firjan SENAI, medalhistas na seletiva da World Skills, , Patrick Vicente, de Macaé, medalha de prata, e Ralph de Sousa Crespo, de Campos, medalha de ouro. Ralph garantiu uma vaga para representar o Brasil na maior olimpíada de profissões do mundo, que acontece em Kazan, na Rússia, em 2019.

A aluna do IFF, Fabiane Araújo, vencedora do Hacking Rio, também apresentou como foi sua experiência no maior Hackathon da America Latina.

“Unir a história da indústria e da economia da região, representada pelos homenageados desta noite, com o futuro que esses jovens simbolizam é bastante importante e significativo para o momento em que vivemos. Esse é nosso papel: reconhecer quem muito já fez por nossa região e também aqueles que estão ajudando a vislumbrar novas perspectivas.”, disse o Presidente da Firjan Norte Fluminense, Fernando Aguiar.

Ao longo da história da promoção da Firjan no Norte Fluminense, foram contemplados: Antônio Evaldo Inojosa de Andrade e Rubens Arêas Venâncio, em 2002; João Antunes de Faria e Lacerda Agostinho, em 2003; Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira e Aluysio Cardoso Barbosa, em 2004; Augusto Tinoco de Faria e Celso de Oliveira Araújo, 2005; Geraldo da Silveira Coutinho e Vilmar Ferreira Rangel, em 2006; Hector Siqueira e Humberto Fernandes, em 2007; Hugo Aquino Filho e Maria Teresa da Silva Venâncio, em 2008; João Francisco Gomes e Arlete Parrilha Sendra, em 2009; Arley Amaral Carvalho e Francisco Rony Reis de Araújo, 2010; Francisco Mancebo Agostinho e Joilson Maciel Barcelos Filho, em 2011; Wolfgang Schulz e Regina Lucia Boynard Vasconcellos Martins, em 2012; Amaro da Conceição Souza e dr. Félix Challita, em 2013, Eike Batista e Oscar Pires, em 2014, Geraldo Coutinho e Lucas Abreu Maia, em 2015, Rita Chardelli e Izac Bezenover,em 2016 e Jamil da Silva Soares, Arízio Stanzani França em 2017.






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *