Campeã mundial de boxe morre aos 26 anos depois de sofrer um infarto

Ela era a atual detentora do cinturão de campeã mundial de peso-pluma da Federação Mundial de Boxe

Morreu nesta terça-feira (29), na cidade de Perpinhã, na França, a campeã mundial peso-pluma da WBF (Federação Mundial de Boxe), Angélique Duchemin. A boxeadora de 26 anos estava internada desde o último dia depois que sofreu um infarto durante o treinamento. Após a internação, Angélique teve uma embolia pulmonar, que a levou à morte.

 
 


A francesa era uma estrela em ascensão na modalidade. Campeã europeia desde dezembro, ela sagrou-se campeã mundial há três meses. Angélique treinava em um clube da cidade de Thur quando sofreu o infarto. A atleta tinha um cartel de 14 vitórias (três nocautes) e nenhuma derrota.

(*) Com informações do GE






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *