Acidente químico mata quatro funcionários de frigorífico em Mato Grosso do Sul


Frigorífico foi isolado após vazamento de produto químico (Foto: BataguassuNews/Olair Nogueira)

Frigorífico foi isolado após vazamento de produto químico (Foto: BataguassuNews/Olair Nogueira)

Uma reação química matou quatro funcionários do curtume [processo de preparação do couro] de um frigorífico em Bataguassu, no Mato Grosso do Sul nesta terça-feira (31/01). Segundo informações do Corpo de Bombeiros Militar estadual, 20 pessoas foram intoxicadas pelo gás resultante da reação. Duas vítimas em estado gravíssimo foram transferidas para o hospital de Presidente Prudente em São Paulo, e 12 estão em observação no hospital local.

O coronel Joílson De Paula, do Corpo de Bombeiros, informou que, ao descarregar o Ácido Dicloro-propiônico usado no curtume em um tanque submerso, o motorista percebeu a liberação de grande quantidade de gás. Três funcionários que estavam em uma estrutura acima do tanque desmaiaram. Um quarto funcionário tentou descer pela escada, mas também desmaiou. Os quatro morreram no local.

Os bombeiros acreditam que uma outra substância que estava no tanque reagiu com o ácido, provocando o acidente. A área do frigorífico foi isolada e aguarda vistoria de técnicos da Marfrig, empresa dona do frigorífico, para avaliarem as causas do acidente.

Em nota, a empresa divulgou que o acidente já foi controlado e em conjunto com a polícia civil e técnica, investigará as causas do acidente. Segundo a nota, os funcionários e familiares estão recebendo atendimento da Marfrig.

Leia Mais Notícias Clicando Aqui









Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *