domingo, dezembro 4th, 2016

 

Acidente entre dois carros, no cruzamento de Boa Ventura, na BR-356, deixa feridos em Itaperuna

Uma colisão envolvendo um Fiesta com placa de Carangola/MG e um Ford Cruze com placa de Guarapari/ES deixou três pessoas feridas na noite deste sábado (03/12) na BR-356, no cruzamento de Boa Ventura/São Pedro Paraíso. No Fiesta estavam um homem de 43 anos, uma mulher de 38 e uma criança de 4 meses. Eles foram socorridos pelos bombeiros e levados para Itaperuna. O condutor do Cruze não sofreu ferimentos. (*) Fotos: Gilmar Sana / Italva em Foco Leia Mais Notícias Clicando Aqui Compartilhe esta notícia com um amigo


Brasil vai às ruas em apoio a Sérgio Moro, a Operação Lava Jato e contra a Câmara e o Senado

Em cerca de 200 cidades, entre elas Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, com a segurança reforçada, milhares de pessoas vestidas de verde e amarelo e com a bandeiras do Brasil se reuniram neste domingo (04/12), o protesto é em defesa do juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato e contra o pacote de medidas anticorrupção aprovado com modificações pela Câmara dos Deputados na madrugada do dia 30 de novembro. Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, na Esplanada dos Ministérios até as 11h15 entre 4 e 5 milLeia mais


Poeta e escritor Ferreira Gullar morre no Rio de Janeiro, aos 86 anos

Morreu neste domingo (04/12), no Hospital Copa d’Or, na zona sul do Rio de janeiro, o poeta, escritor, jornalista e teatrólogo Ferreira Gullar, aos 86 anos. Ele era membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 2014. Ferreira Gullar, cujo nome verdadeiro é José de Ribamar Ferreira, nasceu em São Luís do Maranhão em 10 de setembro de 1930, numa família de classe média pobre. Dividiu os anos da infância entre a escola e a vida de rua, jogando bola e pescando no Rio Bacanga. Considera que viveu numa espécieLeia mais


Responsável por provedor de internet é preso por furto de energia no Noroeste Fluminense

O responsável por um dos provedores de acesso à internet que presta serviço em Italva foi preso em flagrante, sob a acusação de furto de energia elétrica da rede da empresa Ampla. O caso estava sendo investigado pela 148ª Delegacia desde o mês de junho deste ano, por determinação do Ministério Público, que já havia recebido denúncia da concessionária, que alega prejuízo da ordem de R$ 12 mil, com os “gato”. O desvio de energia teria sido atestado por peritos do Posto de Polícia Técnica Científica (PRPTC/Itaperuna), que confirmaram aLeia mais


google-site-verification: google9c4ceff0824d7a11.html